Departamento de Geografia - Universidade de São Paulo - 9 a 12 de novembro de 2009

Objetivos e finalidades

Não poucos autores assinalaram a realização de congressos como uma prova, conforme pode haver uma, da vitalidade e capacidade renovadora de uma disciplina ou de um ramo seu[1]. Independentemente, pois, de sua magnitude, um encontro acadêmico sempre pode representar um importante intercâmbio na esfera de uma comunidade científica. Ademais, a efetivação de um II Encontro Nacional de História do Pensamento Geográfico (II ENHPG) tem como escopo, dado o próprio caráter interdisciplinar deste campo da geografia, estreitar o contato dessa disciplina com as demais ciências sociais; principalmente, se o diálogo proposto for percebido na unidade (interdisciplinar) do campo de estudo, conjugado, porém, epistemologicamente, com o “lugar” de cada disciplina, seu nível de independência e dependência no conjunto[2]. Por conseqüência, não foge aos objetivos deste Encontro estabelecer um diálogo em torno de algumas questões comuns às várias disciplinas citadas, rompendo certo isolamento epistemológico tão presente na trajetória da geografia; revigorando-a, pois, como disciplina científica. Entende-se que parte dessa tarefa pode ser cumprida, no II ENHPG através de uma programação sistemática de estudos sobre a história do pensamento geográfico no Brasil, capaz de alimentar um debate sobre o passado, o presente e o futuro da geografia enquanto ciência. Por fim, ao divulgar a produção acadêmica realizada em âmbito nacional na sua área de interesse, o II ENHPG pretende contribuir para a compreensão das práticas sociais e científicas, bem como suas representações, partindo do pressuposto da centralidade do discurso geográfico nos processos de objetivação do nacional e de construção de um imaginário social ainda hoje presente e ativo[3].


[1] BOURDIEU, Pierre. Homo academicus. Paris: Les Éditions de Minuit, 1984; CAPEL, Horacio. Filosofía y ciencia en la geografía contemporánea. 3ª ed. Barcelona: Barcanova, 1988, p.207.

[2] PICKENHAYN, Jorge A. La Geografía. Fronteras teóricas en la evolución hacia las transdisciplinas. In BERDOULAY, Vincent; MENDOZA VARGAS, Héctor (org.). Unidad y diversidad del pensamiento geográfico en el mundo. Retos y perspectivas. México: UNAM; INEGI; UGI, 2003, p.73-84.

[3] MORAES, Antonio Carlos Robert. Território e história no Brasil. São Paulo: Annablume; Hucitec, 2002.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: