Departamento de Geografia - Universidade de São Paulo - 9 a 12 de novembro de 2009

Programação

9 de novembro segunda-feira

8h30 Abertura
Anfiteatro de História

Profs. Drs. Sandra Margarida Nitrini – Diretora da FFLCH
Maria Mónica Arroyo – Coord. do Programa de Pós Graduação em Geografia Humana
Jurandyr Luciano Sanches Ross – Chefe do Depto. de Geografia
Antonio Carlos Robert Moraes – Presidente da Comissão Organizadora

9h15 Comunicações Livres
Anfiteatro de História

Eixo: Instituições do Saber Geográfico

Mesa 1: Sociedades Geográficas
Coordenação: Flora Lahuerta
Horário: 9h15 às 10h45

Sociedade Real Geográfica Belga e o Congo: Imperialismo, a Roedura Geopolítica (1877-1908) – Martinho Camargo Milani (USP)
O papel da Sociedade de Geografia de Lisboa na edificação do Terceiro Império Português: a fase expansionista – Helena Wakim Moreno (USP)
Tradição e modernidade no processo de institucionalização do saber geográfico no Brasil: o caso da Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro – Luciene Pereira Carris Cardoso (UERJ)
O contexto do surgimento da Associação dos Geógrafos Brasileiros (AGB) na Geografia brasileira – Charlles da França Antunes (UERJ)

Eixo: Geografia Histórica e História da Geografia

Mesa 2 – Modernização e ideologias geográficas no território brasileiro
Coordenação: Charles da França Antunes
Horário: 11h00 às 12h30

Idéias evolucionistas, meio geográfico e projeto civilizatório no Brasil da segunda metade do sáculo XIX – Leonardo Civale (UFV)
“Dai de beber a quem tem sede!” Crise no abastecimento d’água do Rio de Janeiro no século XIX – Renato Coimbra Frias (UFRJ)
“Pelas ruas, janelas e pela praça”. Transformando o Rio de Janeiro colonial em capital do Império português – Flora Medeiros Lahuerta (USP)
Os primórdios da modernização do território do Ceará as Estradas de Ferro re-anunciam à civilização ocidental (1870 – 1930) – Raimundo Jucier S. de Assis e José Levi Furtado Sampaio (UFC)

Sala 9

Eixo: Epistemologia e Pensamento Geográfico

Mesa 1: Geografia e existência, debate sobre a gênese e as tendências da geografia humanística
Coordenação: Vanessa Zanetich
Horário: 9h15 às 10h45

A entrada da Geografia Humanista na ciência Geográfica – Aline de Souza Melo (USP)
A geografia e a experiência do mundo – Amélia Regina Batista Nogueira (UFAM)
Heidegger como matriz do pensamento fenomenológico em geografia – Eduardo Marandola Jr. (UNICAMP)
O espaço existencial em xeque: proposta de análise da existência humana na Geografia – Humberto Goulart Guimarães e Suzana Campos Silva (UFF)

Mesa 2: Élisée Reclus e Charles Darwin
Coordenação: David Alejandro Ramirez
Horário: 11h00 às 12h30

Élisée Reclus: Por uma Geografia nova e libertária – Pedro do Nascimento Gomes (UFC)
A viagem científica de Élisée Reclus ao Rio de Janeiro da Primeira República – Marcelo Augusto Miyahiro (USP)
Sociedade e natureza no pensamento geográfico de Élisée Reclus e as aproximações do pensamento de Jean-Jacques Rousseau – Rosana de Oliveira Santos Batista (UFS)
Darwin contra o determinismo geográfico: esboço da escassa herança darwiniana no pensamento geográfico – Paul Sutermeister (USP)

Sala 1

Eixo: História da Disciplina Escolar Geografia

Mesa 1: História da Disciplina Escolar Geografia
Coordenador: Maria Ediney Ferreira da Silva
Horário: 9h15 às 10h45

O ensino de geografia e a nova proposta curricular do Estado de São Paulo: muda-se o currículo, mudam-se as estratégias de ensino-aprendizagem – Elias Oliveira Noronha (Rede Pública de Ensino/SEESP)
História da geografia escolar: ensino de geografia nas décadas de 1960 a 1989 – Daniel Mendes Gomes (PUC – SP)
Educação, Geografia e Escola: Geografia escolar e as influências pedagógicas institucionais até a década de 1960 – Thiago Tavares de Souza e João Pedro Pezzato (UNESP)
Do Colégio D. Pedro II à Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro: desestigmatizando geografias – Vanderli Custódio (USP)

Mesa 2: Formação em geografia e o livro didático
Coordenador: Vanderli Custódio
Horário: 11h00 às 12h30

Formação do pensamento geográfico no Brasil e o livro didático: antecedentes a 1930 – Jeane Medeiros Silva e Vânia Rubia Farias Vlach (FINOM/UFU)
Religiões, Geopolítica e o Ensino de Geografia Crítica – Alberto Pereira dos Santos (USP/UNG)
Formação em geografia: breves anotações contextuais – Flora Sousa Pidner (UFMG)
Uma Imagem da África na Obra de Aroldo de Azevedo – Rosemberg Ferracini (USP)

15h00 – Programa Cultural

Exposições: Caio Prado, Pierre Monbeig
Prédio da Geografia

17h30 – Mesa Redonda – Instituições do Saber Geográfico
Profa. Dra. Perla Brígica Zusman (CONICET/UBA – Buenos Aires)
Prof. Dr. Sérgio Luiz Nunes Pereira (Geografia/UFF)
Profa. Silvia Lopes Raimundo – Coordenadora (Geografia/UniSantana)

10 de novembro terça-feira

8h30 – Comunicações Livres
Anfiteatro de História

Eixo: Historiografia do Pensamento Geográfico

Mesa 1: A historiografia da geografia posta em questão
Coordenador: Antonio Alfredo Teles de Carvalho
Horário: 8h30 às 10h15

A história do pensamento geográfico para além das determinações materiais: limites e possibilidades do método materialista-histórico-dialético na análise do pensamento – Roberison Wittgenstein Dias da Silveira e Antonio Carlos Vitte (UNICAMP)
Breves considerações a respeito dos Science Studies e um debate sobre a historiografia da geografia – Mariana Lamego (UFRJ)
Notas sobre o caráter específico da história das ciências humanas: a importância da filosofia, das lutas institucionais e dos usos sociais do conhecimento – Breno Viotto Pedrosa (USP)
Reflexões sobre a geografia e sua história no Brasil: notas para um caminho historiográfico – Giulliano Coutinho (UNICAMP)
Elementos para uma reflexão sobre a história do pensamento geográfico – Paulo Godoy (UNESP)

Mesa 2: Historiografia e Produção do Saber Geográfico
Coordenação: Rildo Duarte
Horário: 10h30 às 12h00

A possibilidade de análise de teorias geográficas tendo como base uma perspectiva axiológica de evolução da ciência – Rosana Figueiredo Salvi (UEL)
As tendências de estudo da Geografia na Uerj: considerações a partir das dissertações – Mônica Machado, Ricardo Luigi, Gustavo Azevedo, Cícero Simões e Vinícius Costa (UERJ/GEOBRASIL)
O papel de eventos científicos na divulgação do conhecimento geográfico: estudo da produção científica realizada entre 1984 a 2004 – Marcos Barros de Souza (USP)
O pensamento geográfico brasileiro enquanto problemáticas de Geografia Histórica mundial – Eider de Olivindo Cavalcante e Raimundo Jucier S. de Assis (UECE/UFC)

Sala 09

Eixo: Epistemologia e Pensamento Geográfico

Mesa 1: Humboldt, Ritter,Vidal de La Blache e Pierre Gourou
Coordenação: Marcelo Miyahiro
Horário: 8h30 às 10h15

Breve debate sobre as modernas concepções teleologicas de natureza: repercussões na Geografia de Karl Ritter – Sandra do Nascimento e Fabrício Pedroso Bauab (UNIOESTE)
Construindo um projeto de pesquisa: A Concepção de Mediterrâneo no Círculo de Afinidades de Vidal de La Blache (1934-1948) – Larissa Alves de Lira (USP)
Vidal de La Blache e a Ciência Geográfica – Felipe da Silva Machado, Aline Weiler Thibes e Marcelo Ferreira Machado (UFRJ)
Pierre Gourou e a Geografia Tropical francesa – Antonio Carlos Vitte (UNICAMP)
Paisagem e Alexander von Humboldt: construindo um conceito- Vonei Ricardo Cene e Antonio Carlos Vitte (UNICAMP)

Mesa 2: A geografia física e as concepções de ambiente e natureza
Coordenação: Antonio Carlos Vitte
Horário: 10h30 às 12h15

Crise ambiental como crise da racionalidade científica moderna: uma reflexão filosófica para um olhar holístico à ciência geográfica – Ricardo Devides Oliveira (UNESP)
Tensões e cisões da Geografia Física no Brasil – Núbia Beray Armond e Anice Esteves Afonso (UERJ)
Breve história da Geomorfologia no Brasil – Antonio Carlos Vitte (UNICAMP)

Sala 01

Eixo: Pensamento Social Brasileiro e Geografia

Mesa 1: A Geografia da Fome, reflexões teóricas e empíricas
Coordenação: Flávia Grimm
Horário: 8h30 às 10h15

A Influência de Maximilien Sorre e Vidal de La Blache na Geografia Médica de Josué de Castro – Renato Guedes Vieites e Inês Aguiar de Freitas (UERJ)
A Segunda Leitura de Josué de Castro – Bruno Picchi (UNESP)
A concepção geográfica da fome em Josué de Castro – Luiz Cláudio dos Santos (UNESP)
A importância epistemológica e metodológica da obra “Geografia da fome” para as pesquisas em geografia e a contemporâneidade do pensamente de Josué de Castro – Elvis Christian Madureira Ramos e Wellington dos Santos Figueiredo (AGB)
Paisagem natural, paisagem cultural e fome: construção, entendimento e significado da obra “Documentário do Nordeste” de Josué de Castro – Emanuel Barros Roma (UEPB)

Mesa 2: Personagens e o pensamento social brasileiro
Coordenação: Naiara Vinaud
Horário: 10h30 às 12h00

A contribuição de Caio Prado para o debate dos temas geográficos: a questão do povoamento do território brasileiro – Elisa Pinheiro de Freitas e Elisângela Couto (USP)
Considerações sobre a forma urbana e sobre os tipos de casa no Brasil do século XIX em Sobrados e mucambos de Gilberto Freyre – Solange Moura Lima de Aragão (USP)
O pensamento de Inácio Rangel e a pesquisa geográfica – Raquel Rodrigues Lage e Lucas Possedente Emerique (UFSC)
Transformações na década de 1920 – o pensamento geográfico como suporte para o modelo econômico católico de Jackson de Figueiredo – Volnei Antonio Sacardo e Selma Monesso (UNESP)

14h00 – Mesa Redonda – Historiografia do Pensamento Geográfico
Prof. Dr. Nilson Crócia de Barros (Geografia/UFPE)
Profa. Dra. Maria Amélia Mascarenhas Dantes (História/USP)
Prof. Dr. Fábio Contel – Coordenador (Geografia/USP)

17h30 – Mesa Redonda – Epistemologia e Pensamento Geográfico
Profa. Dra. Iole Ilíada Lopes – Coordenadora (Fund. Perseu Abramo)
Prof. Dra. Maria Laura Silveira (Geografia/USP)
Prof. Dr. Elvio Rodrigues Martins (Geografia/USP)

19h30 – Lançamento de Publicações

11 de novembro quarta-feira

8h30 – Comunicações Livres
Anfiteatro de História

Eixo: Historiografia do Pensamento Geográfico

Mesa 1: Historiografia da Geografia Agrária
Coordenação: Clarisse Coutinho
Horário: 8h30 às 10h15

A importância dos periódicos científicos na construção da Geografia brasileira: a produção em geografia agrária – Flamarion Dutra Alves (UNESP)
Contribuição à Historiografia da Geografia Agrária na Universidade de São Paulo – Larissa Mies Bombardi (USP)
O espaço geográfico sob o olhar das ruralidades: uma leitura da paisagem – Michele Lindner (UNESP)
O Processo de Anexação do Espaço Geográfico Paulista ao Sistema Capitalista Mundial: Um Estudo de Caso na Região de Araçatuba – Danton Leonel de Camargo Bini (IEA – Instituto de Economia Agrícola)

Eixo: Geografia Histórica e História da Geografia

Mesa 2: Geografia histórica do Brasil
Coordenação: Breno Vioto
Horário: 10h30 às 12h15

As cidades do Prata: origens da formação territorial e urbana do extremo sul do Brasil – Sidney Gonçalves Vieira (UFPel)
Notas geográficas sobre a mineração e a articulação do território no Brasil com a formação de uma nova rede urbana no século XVIII – Everaldo Batista da Costa (USP/UFOP)
Apontamentos para um estudo de geografia histórica em áreas de fronteira – Goiás e Mato Grosso, Século XIX – Carlo Eugênio Nogueira (USP)
Alteridade territorial: uma leitura geohistórica do território colonial brasileiro – Rafael Straforini (UFRJ)
Formação territorial de Minas Gerais – Samuel Frederico (UNIFAL)

Sala 9

Eixo: Epistemologia e Pensamento Geográfico

Mesa 1: Reflexões sobre a geografia crítica e a geografia quantitativa
Coordenação: Larissa Lira
Horário: 8h30 às 10h00

Trabalho, dialética e espaço em Marx – Eider de Olivindo Cavalcante e Rodrigo José de Góis Queiroz (UECE)
Quantit(ativistas) no interior paulista – narrativa metodológica – Dante Flávio da Costa Reis Júnior (UnB)
Quarenta anos de “Explanation in Geography”: a nova geografia em David Harvey, uma reflexão – Danilo Piccoli Neto (UNESP)

Mesa 2: A ciência geográfica e suas categorias fundantes
Coordenação: Amélia Regina Batista Nogueira
Horário: 10h15 às 11h45

Análise das categorias geográficas e a relação rural-urbano – Adriano Corrêa Maia e Flamarion Dutra Alves (UNESP)
O espaço sagrado sob a ótica da nova Geografia Cultural – Marcela B. F. de Oliveira, Vivian B. L. da Mata, Letícia C. T. Pádua e Rodrigo C. Teixeira (UNI-BH)
Espaço em cena: diálogos entre a Geografia e o cinema de Hitchcock – Georgia Moutella Jordão (UFRJ)
Geografia: ciência corográfica e ciência corológica – Fabiana Machado Leal (USP)

Sala 1

Eixo: Pensamento Social Brasileiro e Geografia

Mesa 1: Pensamento geográfico, literatura e relatos de viajantes
Coordenação: Rosemberg Ferracini
Horário: 8h30 às 10h00

As linhas de comunicação da cidade de São Paulo com o restante do país na descrição de viajantes estrangeiros (1808-1858) – Marcelo Werner da Silva (UFF)
Exploradores franceses na Amazônia brasileira durante o século XIX: breve bibliografia – João Paulo Jeannine Andrade Carneiro (USP)
O Sertão a partir de Chapadão do Bugre, de Mário Palmério – Naiara Cristina Azevedo Vinaud e Rita de Cássia Martins de Souza Anselmo (UFU)
O Poço do Visconde (1937): a questão energética do Brasil na década de 1930 – Liz Andreia Giaretta e Fadel David Antonio Filho (UNESP)

Mesa 2: Geopolítica, Geografia política e Território
Coordenação: Marcos Antonio Favaro
Horário:10h15 às 11h45

A geografia científica e a geopolítica no Brasil: duas vocações – Marcos Antônio Fávaro Martins (USP)
Repensando o território: discutindo a categoria de território vivido – Fernanda Cristina de Paula (UNICAMP)
Reflexões sobre o advento de cibergeografia ou o surgimento de geografia política do ciberespaço: contribuição a crítica à geografia crítica – Hindenburgo Francisco Pires (UERJ)
Geografia da Saúde no Maranhão: pressupostos e origens – Zulimar Márita Ribeiro Rodrigues (UFMA)

14h00 – Mesa Redonda – Representações Acerca do Saber Geográfico
Profa. Dra. Iris kantor (História/USP)
Prof. Dr. Douglas Santos (Geografia/PUC-SP)
David Ramirez – Coordenador (Geografia/USP)

17h30 – Mesa Redonda – História da Disciplina Escolar em Geografia
Prof. Dra. Maria Adailza Martins de Albuquerque (Educação/UFPB)
Profa. Dra. Vânia Vlach – Coordenadora (Geografia UFU)
Prof. Dr. Genylton Odilon Rêgo da Rocha (Educação/UFPA)

12 de novembro quinta-feira

8h30 – Comunicações Livres
Anfiteatro de História

Eixo: Instituições do Saber Geográfico

Mesa 1: Institucionalizações Universitárias
Coordenação: Carlo Eugênio Nogueira
Horário: 8h30 às 10h15

O desenvolvimento histórico dos cenários institucionais da geografia no Brasil – Cesar Alvarez Campos de Oliveira (UERJ)
O curso de geografia em Uberlândia – MG no contexto da interiorização das universidades no Brasil – Junia de Freitas Knychala e Rita de Cassia Martins de Souza Anselmo (UFU)
Os primórdios dos saberes cartográficos no ensino superior de geografia no Brasil – Clézio Santos (FSA/UNIMES)
A trajetória da pós-graduação em geografia no Brasil – Richarlison da Costa e Silva e Ricardo José Batista Nogueira (UFAM)
Insurgência dos Estudos sobre a História do Pensamento Geográfico no Brasil nos Derradeiros Decênios do Século XX – Antonio Alfredo Teles de Carvalho (UNEAL)

Eixo: Geografia Histórica

Mesa 2 – O território e a identidade nacional na Primeira República
Coordenação: Fernando Diório Alves dos Santos
Horário: 10h30 às 12h00

Entre o sertão e o litoral: telegrafia e geografia nas questões de integração e identidade nacional durante a República Velha (1889 – 1930) – Rildo Borges Duarte (USP)
O Barão de Teffé e uma geografia de brasileiros – Cristina Pessanha Mary (UFF)
O ideário rondoniano na construção da geografia e do território nacional – Fabrício Felippe de Lima (UNESP)
“Pelo Brasil Unido”: Pacto Federativo e Território Nacional no Alvorecer da República – Julio Cesar Ferreira Santos (USP/UNISA)

Sala 9

Eixo: Epistemologia e Pensamento Geográfico

Mesa 1: Meio, lugar e paisagem
Coordenação: Clenes Louzeiro
Horário: 8h30 às 10h00

O Lugar e seu Lugar na Geografia: um Estudo sobre Epistemologia – Daniela Souza Dantas (USP)
O conceito de meio na geografia – Carlos Francisco Gerencsez Geraldino (USP)
Geografias: a Paisagem como elo – algumas reflexões contemporâneas – Fábio Adorno Espósito (UNICSUL)
A idéia das influências ambientais em Hipócrates: ensaio crítico da obra “Airs, Waters and Places” – Ilton Jardim de Carvalho Junior (USP)

Eixo: Representações Acerca do Saber Geográfico

Mesa 2: Paisagem e construção imaginária
Coordenação: Carlos Geraldino
Horário: 10h15 às 11h45

A Construção Imaginária dos Trópicos – Ana Paula Massucato Silva (UFF)
Notícias de um novo mundo: a transposição da paisagem européia para o Brasil no século XVI – Werther Holzer (UFF)
O Brasil das pinturas e fotografia de viajantes: geografias, narrativas e imagens do Brasil – Fred Teixeira Trivellato (UNICAMP)
Paisagem e Memória: A contribuição de Alberto Lamego para a Geografia Cultural do Rio de Janeiro – Luis Filipe L. Costa, Rachel de A. Moura e Inês A. de Freitas (UERJ)

Sala 7

Eixo: Pensamento Social Brasileiro e Geografia

Mesa 1 – Trajetórias e personagens acadêmicos na geografia brasileira
Coordenação: Aldo Dantas
Horário: 8h30 às 10h00

Contribuições teóricas do geógrafo Milton Santos para pensar o período tecnológico: os conceitos de meio técnico-científico informacional, universalidade empírica e totalidade empírica – Flavia Grimm (USP)
Diálogos entre Milton Santos e Celso Furtado: uma aproximação de pensadores do Brasil – Eduardo Fernandes Marcusso (UNESP)
Observações sobre a contribuição de Aziz Nacib Ab’Saber ao desenvolvimento da geomorfologia brasileira – Rafaela Soares Niemann e Antonio Carlos Vitte (UNICAMP)
Pierre Monbeig e o Brasil: contextualizando a interdisciplinaridade – Felipe Moura Fernandes (UERJ)

Mesa 2: Região e Regionalização
Coordenação: André Martin
Horário: 10h15 às 11h45

Regionalização do Brasil segundo Roberto Lobato Corrêa – Simone Affonso da Silva (USP)
Elementos para a análise da formação regional da Bahia Contemporânea: contextualizando recortes geográficos e suas periodizações – Renato Leone Miranda Léda (UESB)
O espaço em Kant e suas contribuições na definição do conceito de região – Juliana Emy Carvalho Tanaka e Danilo Piccoli Neto (UNESP)
Terrenos de Marinha: uma divisão geográfica anacrônica – Vanessa Zanetich Acquafreda (UNICSUL)

14h00 – Mesa Redonda – Pensamento Social Brasileiro e Geografia
Profa. Dra. Alexandrina Luz Conceição (FAPITEC/SE)
Profa. Dra. Rita de Cássia Souza – Coordenadora (Geografia/UFU)
Prof. Dr. Lincoln Secco (História/USP)

17h30 – Conferência de Encerramento
Prof. Dr. Antonio Carlos Robert Moraes (Geografia/USP)

19h30 – Encerramento

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: